Concerto do Coro da Filarmónica e Audição da Escola de Música

10387688_700624296639793_8315892071949859079_n 10354134_10152205825547183_343327706840596248_n 10417733_700624826639740_2651512161460897129_n IMG_3928 IMG_4008 IMG_4005 IMG_4000 IMG_3997 IMG_3991

No dia 13 de junho pelas 22h00min horas, ocorreu um grandioso concerto, no Centro Cultural do Carregal do Sal, com a Orquestra Filarmonia das Beiras, e com a participação do Coro da Filarmónica de Santa Comba Dão e do Coro do Conservatório de Musica e Artes da Dão. E que ofereceram um espetáculo de mão cheia, com interpretações de grande nível. Dividido por duas partes. Na primeira parte, a Orquestra Filarmonia das Beiras abriu com o Barbeiro de Sevilha, de Gioachino Rossini, depois veio o momento alto, com a talentosa, porque não dizer a nossa grande solista, no Clarinete, a MARIA GOMES, vencedora do 1º concurso solistas, organizado por, Fundação Lapa do Lobo e CMAD, com CONCERTINO PARA CLARINETE E ORQUESTRA, de CARL MARIA VON WEBER, brindou a todos os presentes, com esta grande obra bem interpretada, com simplicidade, humildade e alegria, muitos parabéns, assim a música ganha cada vez mais pontos.

De destacar também que foram selecionados vários músicos da nossa Filarmónica para incorporarem e atuarem neste concerto com a Orquestra Filarmonia das Beiras, orquestrados pela batuta do grande Maestro LUIS CARVALHO, os nossos 10 ilustres músicos, num universo de 16, foram laureados com o Diploma do Conservatório de Música e Artes do Dão, foram eles: Maria Gomes, Mariana Esteves e Beatriz Martins em Clarinete, Patrícia Santos e Inês Gouveia em Flauta Transversal, Rafael Costa no Trombone, João Sequeira, Paulo Figueiredo e Bruno Cordeiro na Precursão e Luís Figueiredo no Oboé, seguiu-se a segunda parte do espetáculo com a Orquestra Filarmonia das Beiras, o Coro da Filarmónica e o Coro do Conservatório de Musica e Artes da Dão, com o Soprano, Isabel Alcobia, Contralto, Nélia Gonçalves, Tenor, João Martins e o Baixo, Nuno Dias, com a interpretação da Missa em LÁb nº5, de Franz Schoubert, por esta ordem, I. Kyrie, II. Gloria, III. Credo, IV. Sanctus, V. Benedictus, VI. Agnus Dei, de salientar o grande trabalho do nosso professor do Coro, o professor LUIS PEREIRA,para todos, os que fizeram parte deste grande espetáculo, muitos parabéns.

Um espetáculo na sala sediada no Centro Cultural do Carregal do Sal, com uma casa bem composta, os Santacombadenses praticamente encheram a sala, Santa Comba Dão esteve bem representada, por músicos e intérpretes, como por assistentes, podemo-nos orgulhar, estamos de parabéns.

No dia 14 de junho a Filarmónica continuou com os festivais e apresentações. Às 11:00 horas um recital de Saxofone na Casa da Cultura de Santa Comba Dão, com o Gonçalo Santos e Bruno Santos. Muitas felicidades e parabéns, vamos em frente.

Durante a tarde e na mesma sala, seguiram-se as Audições 3º período e final do ano letivo, um espetáculo a mostrar o muito trabalho, o bom conhecimento, o interesse e a dedicação dos nossos jovens, que quando querem tudo se alcança. Um agradecimento muito grande a todos os Tutores e os que estão sempre disponíveis para ajudar, que são os seguintes: Margarida Oliveira, Maria Teresa Pega, Maria Miguel, Anaisa Melo, Inês Antunes, Patrícia Santos, Ana Rita Cordeiro, Beatriz Martins, José Pedro, Luís Figueiredo, Igor Varela, Bruno Santos, Bruno Cordeiro, Gonçalo Santos, João Sequeira, João Morais, Ricardo Mota, e de salientar o grande empenho, interesse e disponibilidade da professora Emanuela Branquinho, e os professores João Alves e Luís Alves. Também para os pais, familiares e amigos o nosso muito obrigado e até breve. Para a maior parte da escola, as férias já começaram, para outros as férias são mais repartidas, é a vida de um músico.

À noite seguiram-se as tradicionais marchas, em palco esteve presente a Filarmónica de Santa Comba Dão, que acompanhou as três marchas para o efeito, numa noite propícia para estas festas, bem quentinha e mostrava uma boa assistência. E sem querer ofender alguém, pena que não tenha havido um pouco mais de colaboração, sabemos que não está fácil, mas um ou dois euros, para ajudar a Filarmónica, que seria uma grande ajuda, contudo agradecemos a todos os que contribuíram, também sabemos que dar custa, mas também não é fácil andar a pedir, ouve-se muito, e que ninguém deseja e gosta de ouvir, mas como não temos outros meios temos que pedir. Contamos e esperamos, que no dia 28 de junho, no dia das próximas marchas e, com a presença de mais uma marcha interveniente que será a marcha de Brasfemes, que com muita alegria e bom ambiente, corra ainda melhor a todos e muito obrigado.

 

 

Tagged under:

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *